Cadastre-se agora e receba GRATUITAMENTE um E-book feito com muito carinho com 7 receitas super fáceis, saudáveis e deliciosas!

Curiosidades

O que é Crudivorismo?

O que é Crudivorismo?
O crudivorismo, também chamado de  dieta crudívora ou dieta viva, significa comer principalmente ou somente alimentos não processados ​​e não cozidos para que se possa obter todos os nutrientes de maneira abundante, já que dessa forma nosso corpo os digere mais facilmente.

Embora não seja necessário se tornar completamente crudívoro ou declarar-se um “crudivegano”, consumir pelo menos alguns vegetais e frutas crus todos os dias é importante para quase todo mundo.

Qual a origem da dieta crudívora

Essa dieta viva entrou em voga para as pessoas que quiseram descobrir mais sabores e mais benefícios gastronômicos que ultrapassassem os fornos e os fogões. Foi criado nos Estados Unidos, na década de 1980 e, até ganhar seguidores passou por uma séria fase de desconfiança.

Aliás, parece realmente um pouco estranho a princípio, mas os chamados crudiveganos preferem o consumo de alimentos em sua forma genuína, pegando direto da fonte, sem passar por processos de cozimento.

É realmente uma alimentação viva, com alimentos crus, e também frutas frescas ou desidratadas, sementes, vegetais, grãos germinados ou brotos, como o arroz, o trigo, a cevada, aveia, centeio, grão-de-bico, lentilha, alfafa, ervilhas e alga.

Isso ocorre por causa das enzimas, que são destruídas quando a temperatura de 40ºC é alcançada. Isso interfere nas suas funções, sendo uma delas o transporte de nutrientes para as nossas células. Quando elas são destruídas, portanto, não conseguimos aproveitar todos os nutrientes, o que dificulta a digestão e acaba gastando as nossas próprias reservas.
Em conclusão, os alimentos até podem ser aquecidos, mas não cozidos. Mede-se essa diferença encostando a mão na panela. Se queimar a sua mão, os alimentos também serão queimados.

Benefícios do crudivorismo

A alimentação viva baseada em comidas cruas tem uma série de benefícios. Um exemplo é o número de vitaminas e fitonutrientes ingeridos, que previne os males crônicos, além de aperfeiçoar a função celular. Além disso, essa dieta viva pede bastante consumo de clorofila, que é aquela substância que está em todas as plantas. No corpo humano, essa substância possui a habilidade de aperfeiçoar o nosso sistema circulatório, oxigenar melhor as células. Outra coisa é que a clorofila é bem rica em magnésio, que controla o equilíbrio de ácido básico no organismo.

Conforme já discutido, os crudiveganos se focam também na questão das enzimas. Sua alimentação é rica em enzimas vegetais, o que faz o corpo operar melhor, aumenta os níveis de energia e melhora a digestão.

Outro benefício é que o crudivorismo hidrata muito mais o sistema por causa da sua riqueza em vegetais. Isso porque os alimentos contêm água, mas essa água tem as ligações químicas diferenciadas, portanto, melhora a absorção celular.

Esse cardápio vivo oferece ao organismo os melhores óleos contidos na natureza, melhorando as funções neurológicas, prevenção de doenças inflamatórias.
Isso porque essa dieta viva não permite gorduras saturadas, apenas óleos de coco e abacate, abacate, semente de chia e linhaça, azeite de oliva, macadâmias e nozes. Com exceção do óleo de coco, todo o restante é sensível ao cozimento, o que soma ao argumento de que os alimentos devem ser consumidos crus.

O que os crudiveganos consomem

O crudivorismo é muito benéfico. Um dos benefícios não citados a cima é que ele traz um ótimo equilíbrio ácido básico. Isso se deve ao fato de essa alimentação viva ser totalmente alcalina, o que gera condições ideais para o sangue circular bem e, consequentemente, o funcionamento celular ser bem melhor.

Essa alimentação preza bastante o consumo de frutas, pois elas são ricas em vitaminas, dão um sabor doce e vários pratos e são ótimas para saciar o paladar.

Outro tipo de alimento que se inclui no crudivorismo são os superalimentos verdes. Isso vai incluir todas as folhas e também vai incluir a clorofila e a espirulina, ou seja, minerais e proteínas.

Coma com moderação

Um grupo de alimentos que se deve ingerir com moderação são os grãos. Eles apresentam vários níveis antinutricionais, como o glúten. Por isso é recomendado que sejam consumidos em poucas quantidades. Indica-se o trigo sarraceno, o grão de bico, o trigo em grãos e a lentilha.

Como preparar

Para prepará-los, basta deixar de molho por oito horas, escorrer e germinar ou desidrata-los até 60ºC.
Em conclusão, o que não pode faltar no cardápio de quem gostaria de aderir a esse tipo de alimentação, mas não sabe por onde começar é frutas, vegetais, ervas, oleaginosas, grãos, manteigas vegetais (de gergelim, castanha), óleos, sais (sal celta ou sal rosa), condimentos, temperos, frutas secas e adoçantes naturais.

Para alcançar uma vida mais saudável, uma boa dica é aderir ao crudivorismo. 100% das comidas se ingerem no seu modo genuíno, sem cozinhar, nem fritar, nem assar, isso amplia o consumo do que é mais nutritivo e desenvolve como as coisas operam no seu organismo.

Recomendamos um curso sensacional sobre esse tipo de alimentação.


 

Crudivorismo Livros:

Caso você queira aprender mais sobre crudivorismo, deixaremos algumas sugestões de livros:

q? encoding=UTF8&MarketPlace=BR&ASIN=8578811852&ServiceVersion=20070822&ID=AsinImage&WS=1&Format= SL250 &tag=amazonpsa 20 - O que é Crudivorismo?ir?t=amazonpsa 20&l=am2&o=33&a=8578811852 - O que é Crudivorismo? Reunindo informações preciosas, o livro Alimentação viva e ecológica explica conceitos e esclarece dúvidas sobre a alimentação viva e ensina como o leitor pode cultivar alimentos orgânicos em casa. A obra apresenta mais de 150 receitas deliciosas – incluindo sucos, leites e queijos vegetais, pães, bolos, petiscos, saladas e sobremesas para todos os gostos- uma ótima solução para ter mais saúde e vitalidade, sem deixar de lado o sabor.

 

 

 

q? encoding=UTF8&MarketPlace=BR&ASIN=8578810228&ServiceVersion=20070822&ID=AsinImage&WS=1&Format= SL250 &tag=amazonpsa 20 - O que é Crudivorismo?ir?t=amazonpsa 20&l=am2&o=33&a=8578810228 - O que é Crudivorismo?Desintoxicar é deixar sair as toxinas, desenvenenar, limpar. Isso não se refere apenas a eliminar do organismo substâncias nocivas, como o excesso de aditivos dos alimentos industrializados, agrotóxicos, resíduos de medicamentos, de fumo, álcool, café, etc. Todos os dias, as tensões, estresse e emoções conturbadas da sociedade moderna e acelerada também poluem nosso corpo e mente, agravando a intoxicação geral e bloqueando os mecanismos naturais de eliminação de impurezas. Agredidos e com o sistema imunológico sobrecarregado, sentimo-nos esgotados, vulneráveis, irritados e ansiosos. Por isso, desintoxicar-se deve ser um hábito diário, e os alimentos desintoxicantes são os melhores parceiros de um organismo saudável, do equilíbrio emocional e do vigor mental. Este livro, muito mais que um guia de informações e receitas desintoxicantes, que apresenta um novo conceito alimentar, é uma poderosa ferramenta para a transformação e aquisição de novos hábitos, que levarão seu corpo a um estado de plena saúde e vitalidade, base fundamental para alcançar uma vida melhor.

 

 

 

Sobre o autor | Website

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

Notify of
avatar
Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.