Cadastre-se agora e receba GRATUITAMENTE um E-book feito com muito carinho com 7 receitas super fáceis, saudáveis e deliciosas!

Curiosidades

É caro ser vegano?

É caro ser vegano?

O veganismo está quase virando uma modinha, principalmente por terem várias celebridades apoiando publicamente as dietas baseadas em vegetais. No entando, algumas pessoas parecem ainda estar convencidas de que uma dieta vegana, enquanto melhor para seu corpo, animais e meio ambiente, não é tão benéfica para sua conta bancária. Afinal de contas, é caro ser vegano?

 

A resposta curta é não. Se você estiver colocando em sua cesta de compras alimentos como vegetais, frutas, feijões, arroz e não produtos embalados com um rótulo, eu aposto que essa cesta custará menos do que uma cesta cheia de carnes. Sim, ingredientes simples baseados em vegetais são mais baratos do que os derivados de animais – isso é um fato que uma rápida passadinha ao supermercado pode realmente confirmar. Já para as pessoas que não buscam uma alimentação saudável, tornar-se vegano terá sim um custo mais alto.

 

Produtos alimentares de especialidades veganas como salsichas, queijos veganos e outros produtos “lácteos” tem um custo muito alto. Como o mercado vegano opera em um mercado de nicho muito menor que o tradicional e, portanto, tem uma escala de produção menor, o custo de produção aumenta. 

 

Não vou negar que no início eu gastei um pouco mais do que o esperado, mas isso foi até eu aprender a fazer boa parte dos alimentos em casa, que graças a esse mundinho virtual, isso se tornou possível. No início, entrar no supermercado era como estar na disneylândia, eram tantos produtos que eu nunca havia experimentado. Minha despensa começou a mudar de visual a cada semana. 

 

Embora existam os veganos que comem “lixo”, as chances são de que, se você estiver fazendo uma transição para uma dieta baseada em vegetais, provavelmente já começou a pesquisar mais sobre nutrição e passou a selecionar mais o que vai para seu carrinho de compras. 

 

Ser vegano é mais do que uma comida simples. Trata-se de fazer a menor quantidade possível de danos ao planeta e viver um estilo de vida com mais compaixão pelo próximo. Acredite, é 100% possível fazer refeições deliciosas e muito nutritivas com ingredientes simples, não processados ​​e à base de vegetais.

 

Mas se mesmo assim, você ainda achar que mudar para uma dieta baseada em vegetais é um pouco caro, aqui estão algumas dicas para se manter vegetariano gastando menos:

 

1. Compre produtos da época 

Geralmente são os que possuem os melhores preços.

2. Aproveite as promoções e compre mais de uma vez 

Produtos como arroz, feijão, castanhas e outros alimentos secos podem ser comprados em quantidade maior, então se tiver alguma promoção boa, aproveite os descontos!

3. Evite os industrializados 

Um tofu ou um iogurte vegano de vez em quando tudo bem, mas com frequência, esses itens poderão pesar no bolso. Procure comprar somente quando rolar aquele desejo forte.

4. Não tenha medo de substituir

Se na receita que encontrou, os ingredientes são caros, substitua-os por algo parecido.

5. Simplicidade, sempre

Para comidas rentáveis ​​e cheias de nutrientes que não custam o olho da cara, tente manter “grãos, algo verde e um feijão”. 

Sobre o autor | Website

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

Notify of
avatar
Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.